Cursos

IFRS 16 / CPC 06 – operações de arrendamento (aluguéis) – reconhecimento, mensuração e contabilização a partir de 2019

Objetivo:  Evidenciar em detalhes as drásticas mudanças no critério de contabilização dos arrendamentos (aluguéis) em geral, em especial para o arrendatário (ou locatário), os controles a serem desenvolvidos, a transição para o novo modelo de reconhecimento, os reflexos tributários – inclusive quanto ao ISS – e nos indicadores financeiros da entidade, dentre outros aspectos. Desenvolvimento de exercícios práticos para aprendizagem e fixação do conteúdo.       

A quem se destina: Contadores, gerentes ou coordenadores, analistas ou assistentes contábeis, profissionais de auditoria ou consultoria e áreas afins.

Data: 22/03/2019 

Carga Horária: 08 h/a

Horário: 09h00 às 18h00

Instrutor: Édison Remi Pinzon – Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), MBA em Gestão Tributária pelo INPG, atuou por mais de 20 anos nas áreas contábil, tributária e de controladoria de empresas industriais e de serviços e por 4 anos como analista de negócio (ERP), especialista em soluções na área de planejamento fiscal empresarial, consultor certificado do programa FORCEC, responsável pela  Atuábil Consultoria e Cursos, instrutor de cursos na Consult, SESCAP/PR, SESCON/SC, SESCON Grande Florianópolis (GF), SESCAP Londrina (LDR), CRC/PR, CRC/RS, Doria Cursos, Prado Treinamentos, Karlinski Treinamentos Empresariais (RS), EDUCP (CE) e Veritae Orientador Profissional (RJ). Palestrante do curso “SPE-Simples – Aspectos Tributários” no SEBRAE/PR em 2009 e autor de artigos tributários nas publicações do SESCAP/PR e SESCON/GF.                

Local:  R.Mateus Leme, 2004-Bairro Centro Civico-Curitiba/Pr            

Programa:

 1 – Alcance da Norma, definição e identificação dos elementos necessários

1.1 – Isenções do alcance

1.1.1 – Arrendamentos de curto prazo

1.1.2 – Arrendamentos de ativos de baixo valor

 

2 – Distinção em relação ao contrato de serviços (CPC 47)

 

3 – Direito de controle do ativo identificado pelo locatário

3.1 – Uso de um ativo identificável

3.2 – Direitos substantivos de substituição

3.3 – Obtenção de benefícios econômicos

3.4 – Direito de dirigir o uso do ativo identificável

 

4 – Reconhecimento e contabilização do ativo e passivo de arrendamento

4.1 – Mensuração do direito de uso do ativo

4.1.1 – Ativos reclassificados

4.1.1.1 – Pagamentos antecipados, inclusive depósitos em garantia

4.1.1.2 – Custos iniciais incorridos pelo locatário, inclusive benfeitorias

4.1.2 – Depreciação e teste de impairment

4.2 – Mensuração do passivo de arrendamento

4.2.1 – Taxa de juros

4.2.1.1 – Implícita

4.2.1.2 – Incremental

 

5 – Mudanças no contrato de arrendamento

5.1 – Contabilização como locação separada

 

6 – Remensuração do passivo de arrendamento

6.1 – Cômputo de ganho ou perda diretamente no resultado

6.2 – Revisão da taxa de desconto

 

7 – Tratamento de situações específicas

7.1 – Aluguéis com base no faturamento ou receita auferida

7.2 – Custos de administração

7.3 – Reajuste do valor das parcelas a serem pagas

 

8 –  Requerimentos principais de apresentação nas demonstrações contábeis

8.1 – Evidenciação na Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC)

8.2 – Notas explicativas

8.2.1 – Divulgação

8.2.2 – Transição

 

9 – Impactos em Indicadores Financeiros

 

10 – Principais alterações para o reconhecimento e contabilização pelo arrendador

 

11 – Tributário – em conjunto com demais tópicos

11.1 – Possíveis impactos quanto ao ISS

11.2 – Apuração do PIS, COFINS, IRPJ e CSLL

11.2.1 – Crédito do aluguel e arrendamento mercantil pago ou creditado à PJ

11.2.2 – Adições e exclusões no Lalur/Lacs

11.2.3 – Efeito dos tributos e contribuições diferidos

11.2.4 – Plano de contas referencial da RFB

 

Nível: Intermediário. Pré-requisito: preferencialmente o interessado deve atuar no mínimo como analista ou assistente contábil e possuir conhecimentos prévios quanto aos cálculos e contabilização do leasing financeiro – até 2018 – ou relativos ao ajuste a valor presente (AVP), depreciação ou amortização e teste de impairment.

Metodologia: associa interação de ordem prática com o participante por meio da exposição de fundamentos teóricos, apresentados na apostila, combinados com exercícios práticos. Recomendável o uso de notebook com MS Excel ou equivalente instalado.

 

Material de Apoio
Apostila, bloco de anotações, Caneta, Pasta e Certificado de participação

Coffee-Break:
Manhã – 10h30
Tarde –   15h30

Investimento: R$ 500,00 – Para inscrições até 15/03/2019

Desconto de 10% a vista no boleto bancário ou no Pag Seguro 3x s/juros.

Para cada 3 inscrições pagas a 4ª será de cortesia.

Garanta sua inscrição.

 

Informações e Inscrições pelo telefone (41) 3350-6053 com Maria ou (41) 3350-6098 com Edilane

 

Ministramos  esse curso In Company

Obs: Em razão de quórum mínimo necessário para a realização dos  Cursos programados, a CONSULT se reserva no direito de prorrogar ou cancelar o evento, sendo informado com antecedência   aos  participantes

Ficha de Inscrição